Um gigantesco petroleiro saudita foi atacado nesta segunda-feira por piratas, que o atacaram no mar da Arábia, indicou um porta-voz da V Frota americana baseada no Barein.

Acordo Ortográfico "O navio está sob controle dos piratas", declarou por telefone à AFP o porta-voz da V Frota, depois que a marinha americana divulgou um comunicado informando sobre o ataque.

O petroleiro "Sirius Star", que pertence à estatal saudita Aramco, navegava com a bandeira da Libéria, ainda de acordo com o porta-voz.

O ataque aconteceu a mais de 450 milhas náuticas a sudeste de Mobassa, no Quênia, segundo o comunicado.


Foto de arquivo mostra navio saudita sequestrado nesta segunda / AP

A tripulação do navio é composta por 25 pessoas, entre as quais há cidadãos britânicos, croatas, poloneses, sauditas e filipinos.

Leia mais sobre piratas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.