Piratas sequestram navio italiano com 22 pessoas perto de Omã

O navio saiu do Brasil e se dirigia ao Irã no momento do sequestro

EFE |

O navio italiano "Rosalia D'Amato" foi sequestrado por um grupo de piratas na madrugada desta quinta-feira enquanto navegava no mar Arábico, perto do litoral de Omã, informaram à Agência Efe fontes do Ministério das Relações Exteriores da Itália.

Encontravam-se a bordo da embarcação 22 pessoas, seis delas de nacionalidade italiana e 16 filipinos, indicou a imprensa local.

O ataque ocorreu às 4h locais (23h de Brasília), quando dois barcos com piratas abordaram o navio e o tomaram. No ataque, ocorrido a cerca de 400 milhas do litoral de Omã e a 300 da ilha de Socotra, não houve disparos e nenhum dos tripulantes ficou ferido.

A embarcação continua sequestrada e se dirige à costa da Somália, segundo a imprensa italiana. O navio zarpara do Brasil e se dirigia ao Irã no momento do sequestro.

    Leia tudo sobre: SOMÁLIAPIRATARIA

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG