Paris, 6 abr (EFE).- Piratas somalis sequestraram no sábado o iate francês Tanit com uma criança de três anos, os pais dessa e dois amigos do casal a bordo, segundo informou hoje a France 2.

A família francesa tinha partido da Bretanha em julho e fez uma escala no Egito para pegar as outras duas pessoas, acrescentou o canal de televisão francês.

A ONG Ecoterra International, que, a partir de sua sede no Quênia supervisiona esses casos, havia informado do sequestro antes.

Os piratas agiram 640 quilômetros ao norte da localidade somali de Ras Hafun, no norte do país.

Segundo as fontes, os cinco sequestrados estão bem. EFE lg/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.