Piratas que seqüestraram iate francês são presos

Alguns dos piratas que seqüestraram o iate de luxo francês Le Ponant na costa da Somália foram presos, afirmou nesta sexta-feira o assessor militar da presidência francesa, vice-almirante Edouard Guillaud, em coletiva de imprensa.

AFP |

Seis piratas foram presos nesta sexta e embarcaram em um navio da marinha nacional francesa, onde se encontram detidos, disse um comunicado da presidência francesa.

O chefe do Estado Maior dos exércitos, o general Jean-Louis Georgelin, informou, por sua vez, que os assaltantes do iate foram detidos "apenas uma hora depois" da liberação dos tripulantes do "Le Ponant", uma vez que os seqüestradores tinham "posto os pés em terra firme".

"Conseguimos seguir a pista dos piratas, o que permitiu os interceptar com a ajuda de helicópteros", explicou.

Ao longo da operação, as forças francesas "dispararam tiros de advertência e de interceptação, mas ser chegar a disparar diretamente contra os piratas".

Toda a operação foi feita "com a autorização das autoridades da Somália", concluiu o general Georgelin.

pa-so/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG