Piratas pedem US$ 20 milhões de resgate para cargueiro ucraniano

Os piratas somalis que capturaram um cargueiro ucraniano com tanques e armamentos confirmaram neste domingo estarem cercados por vários navios de guerra estrangeiros e pediram um resgate de US$ 20 milhões, declarou à AFP seu porta-voz.

AFP |

"Os tripulantes não estão feridos e estão em segurança. Pedimos 20 milhões de dólares, (13,6 milhões de euros) de resgate para liberar o cargueiro e as pessoas que estão a bordo", declarou Sugule Ali, porta-voz deste grupo de piratas, por telefone, à AFP.

"Não falta comida a bordo e todas as pessoas estão bem de saúde, e inclusive nós", afirmou.

O navio Faina, que levava a carga para o exército queniano, foi seqüestrado pelos piratas nas águas da Somália, quando ia para o porto de Mombasa (sudeste do Quênia) com 17 ucranianos, três russos e um letão.

amu-nur-lp/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG