Piratas pedem US$ 1,5 milhão para libertar capitão americano

Mogadíscio, 10 abr (EFE).- Os piratas que sequestraram em um bote salva-vidas em frente às costas da Somália o capitão americano Richard Phillips reivindicam US$ 1,5 milhão para libertá-lo e ameaçam matá-lo se tentarem uma ação militar de resgate, segundo disse hoje à Agência Efe seu porta-voz.

EFE |

O porta-voz dos piratas, Qorane Yool, disse por telefone à Efe desde o pequeno porto de Elhur, na região nortista somali de Puntlandia, que são "capazes de defender" seus companheiros e que "qualquer ação militar levará à morte do capitão" do cargueiro de bandeira americana "Maersk Alabama". EFE ia/hma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG