Piratas libertam tripulação italiana de rebocador sequestrado na Somália

O ministro italiano das Relações Exteriores, Franco Frattini, anunciou neste domingo à noite a libertação dos membros italianos da tripulação do rebocador Buccaneer, capturado por piratas somalis em abril, no golfo de Adén.

AFP |

"O ministro das Relações Exteriores, Franco Frattini, manifestou a sua satisfação após o desfecho positivo da captura do navio mercante 'Buccaneer' e a libertação dos italianos que estavam a bordo", indicou um comunicado da Chancelaria.

O rebocador, que também é italiano, navegava com 16 homens a bordo -dez italianos, cinco romenos e um croata- quando foi capturado por piratas, no dia 11 de abril, no golfo de Adén.

O comunicado da Chancelaria de Roma não indicou a sorte do rebocador, nem a dos outros membros da tripulação.

ljm/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG