Piratas libertam embarcação de Hong Kong seqüestrada em setembro

Nairóbi, 19 nov (EFE).- A embarcação com bandeira de Hong Kong MV Great Creation, seqüestrado em 18 de setembro por piratas somalis, foi libertado hoje e navega para Abu Dhabi, informou à Agência Efe Andrew Mwangura, diretor do Programa de Assistência Marítima (PAM), com sede no porto queniano de Mombaça.

EFE |

"Ainda não podemos concretizar se houve pagamento de resgate", disse Mwangura por telefone à Efe, acrescentando que a libertação ocorreu esta manhã e que a tripulação é formada por 24 cidadãos chineses e um do Sri Lanka.

Enquanto o "MV Great Creation" foi libertado, os piratas somalis seqüestraram desde sábado quatro navios: o petroleiro saudita "Sirius Star", o cargueiro de Hong Kong "Delight", outro cargueiro grego sobre o qual há poucos dados e um pesqueiro tailandês.

Segundo dados da Organização Marítima Internacional (OMI), até o momento, eram 18 os navios que estavam sob poder de piratas somalis, e mais de 300 os marinheiros retidos.

As águas do Golfo de Áden são consideradas agora as mais perigosas do mundo, junto às da Nigéria, deslocando do primeiro posto quanto a risco a Península de Malaca, antes a rota marítima mais insegura. EFE pa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG