Piqueteiros argentinos protestam em supermercados contra alta dos alimentos

Grupos piqueteiros de pobres e desempregados aliados do governo de Cristina Kirchner realizaram manifestações nesta quarta-feira em centros comerciais e supermercados da Argentina nesta quarta-feira para reclamar do aumento dos preços dos alimentos da cesta básica.

AFP |

Cerca de 700 manifestantes dos grupos Bairros de Pé e Livres do Sul responsabilizam os grandes supermercados pela crescente inflação, e exigem que estes parem com o que chamaram de "remarcação dos preços da cesta básica".

"Estivemos no centro comercial Abasto e em outros 10 pontos do conurbano (periferia portenha), exigindo que os preços sejam reduzidos e pedindo alimentos para os restaurantes comunitários", disse o dirigente piqueteiro Roberto Baigorria.

Os cálculos oficiais estimam que a inflação anual de 2008 será de 10%, mas analistas e organizações de consumidores calculam que o índice chegará a 25% em média.

ls/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG