Justo entre as nações (Pave the way) - Mundo - iG" /

Pio XII deveria ser reconhecido como Justo entre as nações (Pave the way)

O Papa Pio XII, cujo papel durante a Segunda Guerra Mundial é muito questionado, deveria ser reconhecido como um Justo entre as nações, afirmou nesta quarta-feira, no Vaticano, Gary Lewis Krupp, presidente da Fundação Pave the way, que defende o diálogo entre as religiões.

AFP |

Durante a audiência geral semanal no Vaticano, Krupp informou ao Papa Bento XVI que a sede nova-iorquina da Pave the way pediu que se conceda este título ao Papa Eugenio Pacelli, segundo o Osservatore Romano, jornal do Vaticano.

Cerca de 23.000 pessoas, incluindo 500 alemães, receberam o título de "Justo entre as nações" por terem salvo judeus do Holocausto.

As condições principais para obter o título são não ser judeu e ter arriscado a vida e o trabalho para salvar judeus durante a Segunda Guera Mundial.

A distinção é concedida pelo Memorial Yad Vashem e os nomes dos "Justos" são inscritos no Jardim dos Justos.

A Fundação Pave the way defende a promoção da paz no mundo através do diálogo entre as religiões.

O processo de beatificação de Pio XII, aberto em outubro de 1967, é fonte de tensão com as organizações judias. Inúmeros historiadores denunciaram a passividade papal frente à

O Papa Bento XVI criou, em dezembro de 2007, uma comissão especial para estudar o caso antes de tomar sua decisão.

cj/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG