parceiro errado , diz estudo - Mundo - iG" /

Pílula pode levar mulher a escolher parceiro errado , diz estudo

A escolha de parceiro feita por uma mulher pode ser influenciada pela pílula anticoncepcional, sugere uma pesquisa realizada na Grã-Bretanha. Cientistas da Universidade de Liverpool, no norte da Inglaterra, descobriram que a pílula pode perturbar o sentido do olfato inerente nas mulheres, levando-as a escolher um parceiro inadequado geneticamente.

BBC Brasil |

Os pesquisadores acreditam que as mulheres são naturalmente atraídas por homens que são geneticamente diferentes delas. Em termos de evolução, isto é útil porque garante que os filhos vão herdar uma gama mais ampla de genes e ter sistemas imunológicos mais fortes.

A chave deste sistema de atração é o olfato. Especialistas dizem que a escolha de um parceiro é determinada por feromônios, sinais químicos quase sem cheiro. Um homem que uma mulher acha atraente pelo olfato muito provavelmente tem um sistema de genes de imunidade diferente.

Na pesquisa, pediu-se a mulheres que cheirassem odores corporais masculinos e indicassem suas preferências antes e depois de começar a tomar a pílula.

Os resultados mostraram que as mulheres que tomavam o anticoncepcional mudaram sua preferência para homens que eram geneticamente mais similares a elas.

Os cientistas envolvidos na pesquisa acreditam que isto pode levar a problemas de fertilidade e a um aumento do número de abortos involuntários, pois parceiros geneticamente semelhantes têm menos chances de reproduzir.

Segundo eles, a teoria pode ainda ajudar a explicar rupturas em relacionamentos pois a percepção do odor tem um papel importante em manter a atração entre parceiros.

Leia mais sobre: pílula anticoncepcional

    Leia tudo sobre: pílula anticoncepcional

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG