Piloto militar será o primeiro chinês a caminhar no espaço

Um piloto de combate de 42 anos será o primeiro chinês a caminhar no espaço, na terceira missão tripulada da China, que começará em 25 de setembro, anunciou o governo.

AFP |

Zhai Zhigang, coronel do Exército Popular de Libertação (EPL), delocado desde 1998 ao programa espacial chinês, foi escolhido para uma missão de 68 horas a bordo da Shenzhou VII.

Zhai fará uma manobra de 40 minutos fora da nave durante a tarde de 26 ou 27 de setembro, com o objetivo de soltar um pequeno satélite que retransmitirá imagens de sua viagem ao espaço.

Seu traje de astronauta, que custou quase 10 milhões de euros, foi confeccionado a partir de tecnologias russas.

A Shenzhou VII será lançada da base de Jiuquan, no deserto de Gansu, uma província ao noroeste do país, durante a noite de 25 de setembro.

A cápsula retornará para a Terra em 28 de setembro e pousará no interior da Mongólia (norte).

Os companheiros de Zhai, Liu Boming e Jing Haipeng, também são pilotos do EPL e têm 42 anos.

Os três são membros veteranos do Partido Comunista Chinês (PCC, no poder) e integravam a equipe de substituição quando a missão Shenzhou VI mandou dois homens ao espaço durante cinco dias em 2005.

Em 2003, a China se tornou o terceiro país, depois da então União Soviética e dos Estados Unidos, a enviar um homem ao espaço, o coronel Yang Liwei.

sai-jg/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG