Piloto de avião que caiu no Texas teria deixado bilhete suicida

Washington, 18 fev (EFE).- O piloto do pequeno avião que colidiu hoje contra um prédio de escritórios do Governo federal em Austin (Texas) teria deixado um bilhete suicida.

EFE |

O site "EmbeddedArt.com" publica uma nota, assinada por Joseph Andrew Stack, que diz: "Li uma vez que a definição de demência é a repetição do mesmo processo várias vezes esperando que o resultado seja, de repente, diferente".

"Finalmente estou pronto a pôr fim a esta loucura", continua a nota.

As autoridades americanas acreditam que Stack era o piloto que hoje estava no avião que bateu contra um edifício de escritórios em Austin, onde trabalham cerca de 190 empregados do IRS, a receita federal do país.

Antes de entrar no avião, um monomotor Cirrus SR22 segundo a "CNN", o suposto piloto suicida incendiou sua casa.

Um porta-voz do Departamento de Segurança Nacional descartou, em declarações à imprensa, que o incidente esteja relacionado com um ataque terrorista. EFE pgp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG