Pigmentação cria sorriso em lula de aquário nos EUA

Uma lula encontrada no sul da Califórnia possui células com pigmentos que faz com que o animal marinho pareça estar sorrindo. Chamada de Lula Porquinho por sua aparência, o animal possui ainda o corpo quase todo translúcido - apenas as células cromatóforas com pigmentos, os olhos e os tentáculos são visíveis.

BBC Brasil |

As cromatóforas, "mancham" o corpo transparente da lula, Localizadas logo abaixo dos olhos e enfileiradas, essas células dão a impressão de um sorriso.


Mancha dá a impressão de sorriso na lula / Copyright Cabrillo Marine Aquarium

Com o nome científico de Helicocranchia pfefferi, a lula é encontrada em grandes profundidades, geralmente cerca de 100 metros abaixo da superfície dos oceanos.

Por causa da profundidade em que vivem, pouco se sabe sobre a biologia e os hábitos desses animais.

Os cientistas do Aquário Cabrillo Marine, em San Pedro, na Califórnia, que capturaram uma das espécies da "Lula Porquinho", o animal teria dificuldades em nadar por causa do formato do corpo.

Segundo os cientistas, apesar de não ser um nadador exemplar, o animal possui íons de amônio nos líquidos do corpo, o que ajudaria na flutuação.

A espécie capturada pelo Aquário será adicionada à coleção de vida marinha do local para futuras pesquisas.

    Leia tudo sobre: animais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG