premiados no anti-Oscar - Mundo - iG" /

Pierce Brosnan e Paris Hilton são premiados no anti-Oscar

Pierce Brosnan e Paris Hilton foram premiados na noite de sábado com os prêmios menos desejados de Hollywood, os Razzie, a paródia dos Oscar que determina o pior da produção cinematográfica do ano.

AFP |

O irlandês Brosnan teve que aguentar um Razzie de pior ator coadjuvante por "Mamma Mia", uma comédia musical de grande sucesso comercial, mas que mostrou a falta de talento como cantor do ex-James Bond.

A Fundação Framboesas de Ouro, organizadora desses anti-prêmios que são celebrados tradicionalmente 24 horas antes da cerimônia do Oscar, também 'recompensou' a contribuição da rica herdeira Paris Hilton para a história da sétima arte.

Hilton estava insaciável, e levou três troféus: pior atriz e pior casal por "The Hottie and the Nottie" e pior atriz coadjuvante por "Repo! The Genetic Opera", dois filmes que deixaram um gosto amargo tanto no público como na crítica.

"Indiana Jones e o reino da caveira de cristal", quarta parte das aventuras do arqueólogo aventureiro criado por Steven Spielberg, recebeu o prêmio de "pior sequência".

Mike Myers, canadense conhecido por seu papel nos filmes de "Austin Powers", recebeu o troféu de pior ator por "Love Guru", que ainda levou o Razzie de pior longa-metragem.

Também não foi a noite do alemão Uwe Boll, que não só ficou com o prêmio de pior diretor por seus três filmes lançados em 2008, como também teve a desonra de receber um prêmio especial por uma sequência de fracassos como "Alone in the dark" e "House of dead".

Os troféus, que são concedidos desde 1980, consistem em uma falsa framboesa, do tamanho de uma bola de golf, colocada sobre uma bobina de filme Super 8, um conjunto pintado de dourado e com um valor de 4,97 dólares. Raramente os premiados comparecem à cerimônia para receber o anti-prêmio.

tq/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG