Tamanho do texto

O grupo farmacêutico americano Pfizer concluiu acordos amistosos para liquidar ações em curso contra dois de seus produtos antiinflamatórios, o Celebrex e o Bextra, suspeitos de aumentar os riscos de problemas cardíacaos, adiantou hoje o Wall Street Journal.

Pfizer concluiu acordos preliminares com advogados de 200 dos mil consumidores que entraram com queixas contra o grupo e seus dois produtos, segundo o jornal. O laboratório está negociando outros acordos.

O Celebrex e o Bextra são antiinflamatórios da família dos inibidores do Cox-2. Os efeitos indesejados em nível cardiovascular deste tipo de remédios levou outro grupo farmacêutico americano, Merck, a retirar do mercado um medicamento similar, o Vioxx.

aa/rs/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.