PF detém 10 por divulgar pornografia infantil na internet

Rio de Janeiro, 18 mai (EFE).- Pelo menos dez pessoas foram detidas hoje em uma operação realizada pela Polícia Federal contra acusados de utilizar o Orkut para distribuir pornografia infantil, informaram fontes oficiais.

EFE |

A operação teve como alvo internautas que usaram a rede de relações virtuais para distribuir imagens em que menores de idade são vítimas de abusos sexuais, como informou a Polícia Federal em comunicado.

Os internautas foram identificados graças ao Congresso ter chegado, no ano passado, a um acordo com os responsáveis do Orkut para localizar os proprietários de computadores que tinham as imagens arquivadas, que tiveram o direito de sigilo suspenso.

Os detidos estão entre os proprietários de 3.265 perfis no Orkut utilizados para intercambiar pornografia infantil, segundo as denúncias recebidas nos últimos dois anos pela ONG de combate a crimes virtuais Safernet.

A Polícia analisou inicialmente 805 desses perfis e conseguiu, além de identificar 118 supostos pedófilos, autorização judicial para revistar as casas de 92 deles.

Segundo o chefe da Unidade de Repressão aos Crimes Cibernéticos da Polícia Federal, Carlos Eduardo Sobral, até início da tarde a Polícia já tinha analisado praticamente a metade dos computadores nos locais revistados e é possível que as detenções aumentem na medida em que surjam novos resultados. EFE cm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG