PF desmantela rede internacional de prostituição

Rio de Janeiro, 15 jul (EFE).- A Polícia Federal (PF) anunciou hoje o desmantelamento de uma rede internacional que enviava prostitutas brasileiras à Itália.

EFE |

Foram detidas seis pessoas no Brasil e outras duas na Itália, em coordenação com a Polícia italiana, segundo informaram porta-vozes da PF.

Desde o início do ano, quando começou a operação de vigilância, pelo menos 12 brasileiras foram enviadas à Itália, relatou o chefe da delegacia de Defesa Institucional da PF, Leonardo Rabello.

Além das mulheres, o grupo também enviava à Itália travestis.

Todos eles eram obrigados a pagar 12 mil euros pelos serviços oferecidos pela organização criminosa.

Segundo Rabello, todas as pessoas enviadas ao exterior sabiam antecipadamente o trabalho que fariam.

Das seis detenções feitas no Brasil, quatro foram no Espírito Santo, que era o centro de operações do grupo, e outras duas no Rio de Janeiro. EFE mp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG