Petroleiro saudita seqüestrado está no litoral da Somália

Abu Dhabi, 18 nov (EFE).- O petroleiro saudita Sirius Star, seqüestrado por piratas somalis com 25 pessoas a bordo, foi levado para a costa da Somália, confirmaram à Agência Efe fontes da empresa Vela, à qual pertence o cargueiro.

EFE |

As fontes, que pediram para não ser identificadas, disseram que os piratas são de nacionalidade somali e que os tripulantes se encontram em bom estado de saúde.

Além disso, disseram que a companhia, filial da saudita Aramco, está fazendo tedo o possível para libertar o navio o mais rápido possível, mas negaram que a Vela esteja negociando com os seqüestradores. EFE mys-hh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG