Nairóbi, 9 jan (EFE).- O petroleiro saudita Sirius Star, com seus 25 tripulantes, foi libertado hoje pelos piratas somalis que o mantinham seqüestrado desde 15 de novembro do ano passado, informou à Agência Efe Andrew Mwangura, diretor do Programa de Assistência aos Marinheiros (PAM), com sede na cidade queniana de Mombaça.

EFE pa/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.