Petroleiro derrama 1,7 milhão de litros no Golfo do México

Washington, 25 jan (EFE).- Mais de 1,7 milhão de litros de petróleo foram derramados no Golfo do México por um petroleiro que colidiu com duas barcaças em Port Arthur, no Texas, a 150 quilômetros de Houston, informou hoje a Guarda Costeira.

EFE |

Estimativas das autoridades apontam que não será muito difícil controlar o acidente porque no local as correntes marinhas são fracas.

A limpeza já começou e a área onde ocorreu a colisão está fechada e permanecerá assim até que seja considerado seguro para a saúde dos trabalhadores.

O pior derramamento de petróleo da história ocorreu nos Estados Unidos em 1989, quando o petroleiro Exxon Valdez despejou no Golfo do Alasca mais de 41 milhões de litros de petróleo. EFE mla/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG