Um petroleiro saudita que tinha sido capturado por piratas somalis em novembro levando 2 milhões de barris de petróleo teria sido libertado. Segundo informações não confirmadas o Sirius Star teria sido visto se dirigindo para longe da costa da Somália, em direção sudeste.

Um porta-voz do grupo de piratas que captaram o petroleiro teria dito que eles deixaram o navio.

O navio e sua tripulação teriam sido detidos perto da costa somali durante uma negociação a respeito do pagamento do resgate.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.