divergências políticas podem arruinar progressos no Iraque - Mundo - iG" /

Petraeus adverte que divergências políticas podem arruinar progressos no Iraque

O general americano David Petraeus, comandante da coalizão no Iraque e responsável pelo progresso da segurança naquele país, alertou nesta quinta-feira que um renascimento da Al-Qaeda ou divergências políticas poderão arruinar os progressos dos últimos meses.

AFP |

"Entre os perigos que poderão arruinar os progressos obtidos em matéria de segurança, estão um renascimento da Al-Qaeda, o retorno de grupos especiais (milícias extremistas xiitas apoiadas e armadas pelo Irã) ou as divergências políticas que degenerem em violência nas ruas".

O general Petraeus fez um balanço de seus 19 meses em Bagdá, antes de passar o comando para o general Raymond Odierno, no dia 16 de setembro, para assumir o comando central das operações militares no Oriente Médio e Ásia central.

"Não podemos falar de vitória ou de sucesso no Iraque. Vamos falar de progressos, de avanços significativos, mas ainda nos resta o mais difícil. A Al-Qaeda ainda é perigosa, capaz de ações mortais e bárbaras, capaz de se adaptar", advertiu Petraeus.

Na nova função, o general Petraeus terá a responsabilidade de supervisionar as guerras que Estados Unidos enfrentam no Iraque e Afeganistão.

Nomeado pelo presidente George W. Bush, no início de 2007, para liderar as forças da coalizão no Iraque, Petraeus coordenou a estratégia de envio de reforços ordenada por Bush no ano passado.

David Petraeus, 55 anos, declarou recentemente que a violência no Iraque se aproximava de níveis "normais", enquanto o número de soldados americanos mortos nos últimos meses caía a seu nível mais baixo desde o início da guerra iraquiana, em março de 2003.

jds/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG