Pete Doherty é libertado após pagamento de fiança

Londres, 12 jun (EFE).- O cantor britânico Pete Doherty foi libertado depois do pagamento de uma fiança de 50 mil libras (aproximadamente US$ 82.

EFE |

500), após ter sido preso por dirigir bêbado e por posse de drogas, na quarta-feira, em Gloucester (oeste da Inglaterra).

Depois de passar duas noites preso da delegacia de Gloucester, Doherty, de 30 anos, foi posto em liberdade, enquanto espera seu julgamento.

A Polícia deteve o cantor na noite da quarta-feira, minutos depois de seu show, ao ver que o carro que dirigia circulava de maneira errática.

Os agentes constataram que o cantor dirigia sem carteira de motorista e sem seguro e o prenderam junto com a mulher que o acompanhava, que também foi considerada suspeita de posse de drogas, mas que foi liberada.

O cantor do grupo Babyshambles, conhecido por seus contínuos problemas com a Justiça e por seu namoro com a modelo Kate Moss, compareceu hoje a um tribunal em Gloucester. Seu advogado informou que Doherty será declarado "inocente" das acusações de ter dirigido bêbado.

No entanto, acrescentou o advogado, o cantor será culpado pela posse de drogas e pela falta da documentação.

No momento da prisão, o cantor carregava 0,6 grama de heroína e, em uma busca policial que já tinha ocorrido de sua casa de campo no condado de Wiltshire (sul da Inglaterra), foram encontrados 15 papelotes da droga, no valor de 300 libras.

Doherty só falou perante o juiz para confirmar sua idade e seu endereço.

Além da fiança, o cantor terá que cumprir uma série de condições para obter a liberdade: passar esse tempo morando em sua residência de Wiltshire, não sair da propriedade entre as sete da tarde e as sete da manhã, salvo quando tiver shows, não viajar em assentos dianteiros de um veículo, não consumir drogas e fazer um tratamento semanal.

"Fizemos uma comprovação e vimos que sua agenda permite que o cantor faça tudo isto", disse o juiz Christopher Weaver. EFE fpb/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG