Pessoas da 3ª idade têm mais dificuldade de concentração

Com o envelhecimento, fica mais difícil manter o foco durante uma atividade intelectual que exija concentração, revelou um estudo publicado nesta terça-feira no Journal of Cognitive Neuroscience.

AFP |

"As pessoas da terceira idade são vulneráveis às fontes de distração, devido a uma incapacidade de eliminar os estímulos, sem relação com o tema, que os cercam", escrevem os autores do estudo realizado pelo Rotman Research Institute, com sede em Toronto (Canadá).

Os pesquisadores pediram a dois grupos de 12 adultos, cuja idade média era de 26 e 70 anos, para "codificar" vários rostos, enquanto seus cérebros eram submetidos a uma ressonância magnética funcional (IRMF) que emite um forte som, tornando-se uma fonte de distração.

Os candidatos que mostraram uma maior dificuldade em "codificar" uma lembrança, ou registrar um novo rosto, tanto no grupo dos mais jovens como no dos mais velhos, apresentavam uma atividade menos importante nas zonas cerebrais dedicadas a essa tarefa.

Outras zonas cerebrais se ativaram, porém, no grupo das pessoas da terceira idade, o que não aconteceu entre os mais jovens, segundo a investigação.

De acordo com os pesquisadores, os estudos apontam que é aconselhável para as pessoas mais velhas "tentar reduzir as fontes de distração que provêm do exterior e se concentrar em uma tarefa importante de cada vez".

kdz/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG