Pesquisas prenunciam coalizão frágil na Índia

Por Surojit Gupta NOVA DÉLHI (Reuters) - Pesquisas eleitorais de boca-de-urna indicam que a Índia deve ter uma coalizão de governo frágil, já que nem o Partido do Congresso nem seus rivais alcançarão a maioria.

Reuters |

Após um mês com várias etapas de votação, as eleições gerais da Índia terminaram na quarta-feira, quando três pesquisas mostraram uma ligeira vantagem do Congresso sobre a coalizão hindu-nacionalista liderada pelo Partido Bharatiya Janata (BJP). Os resultados finais devem sair no sábado.

Analistas dizem que uma coalizão frágil não terá condições políticas de realizar reformas econômicas importantes, como fazer privatizações e elevar os limites para investimentos estrangeiros nos setores de seguros.

"Se a liderança do Congresso fosse maior, o mercado teria visto como um bom sinal", disse Gajendra Nagpal, executivo-chefe da Unicon Financial Intermediaries. "Mas agora que ele tem apenas uma liderança magra, o mercado pode ficar desconfortável e achar que há apenas mais confusão no horizonte."

A Bolsa indiana caiu 1,14 por cento na quarta-feira, depois de subir 4,1 por cento na véspera, puxada por especulações de que o BJP, mais simpático aos mercados, poderia formar o governo.

"Essas pesquisas de boca-de-urna não vão tranquilizar o mercado, que está esperando uma aliança liderada pelo BJP", disse V.K. Sharma, diretor de pesquisas da corretora de valores Anagram. "Haverá alguma reação, e ficará volátil".

Sem a maioria entre os 543 deputados, tanto o Congresso quanto o BJP precisarão buscar novos aliados. As projeções mostram que os comunistas podem ter perdido muito espaço - caindo de mais de 60 deputados eleitos em 2004 para cerca de 37, o que enfraqueceria sua capacidade de ser o fiel da balança num novo governo.

"Quando estiver claro que o Congresso ou o BJP irão formar um governo estável com menos influência da esquerda, os mercados vão subir", disse Samir Arora, gestor do fundo Helios Capital, de Cingapura. "As pessoas esperando do lado de fora vão começar a investir."

Mesmo que as pesquisas indiquem vitória do Congresso, o BJP parece ter avançado. "A negociação vai começar a partir de amanhã", disse o analista político Alastair Newton, da Nomura International, em Londres. "Quando chegar o sábado à noite, ainda estaremos muito longe de saber o resultado final."

(Reportagem adicional de Rina Chandran)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG