Pesquisas apontam Likud e Kadima quase empatados em Israel

Jerusalém - O partido Likud, de Benjamin Netanyahu, e o Kadima, de Tzipi Livni, aparecem hoje quase empatados nas últimas pesquisas divulgadas antes das eleições legislativas israelenses, que acontecem na próxima terça-feira.

EFE |

As pesquisas para os jornais "Ha'aretz" e "Yedioth Ahronoth" coincidem ao atribuir 27 deputados ao Likud e 25 ao Kadima, enquanto o "Jerusalem Post" aponta 26 assentos a 23, respectivamente.

As pesquisas confirmam também a forte ascensão da legenda direitista Yisrael Beiteinu, do ex-ministro Avigdor Lieberman, que obteria entre 18 e 19 cadeiras caso o pleito fosse hoje.

Yisrael Beiteinu, uma legenda com traços xenófobos que abandonou o Executivo após o início do diálogo de paz com a Autoridade Nacional Palestina (ANP), tem hoje 11 cadeiras.

Sua escalada nas intenções de voto facilitaria uma eventual coalizão direitista de Governo com o Likud e o ultra-ortodoxo sefardita Shas, que contaria com entre nove e dez parlamentares, assim como outros partidos menores.

Segundo as pesquisas, o partido de esquerda pacifista Meretz alcançaria sete cadeiras, uma a mais que a legenda dos ultra-ortodoxos Judaísmo Unido da Torá.

Leia mais sobre: Israel

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG