Pesquisadores espanhóis trabalham em projeto de teletransporte quântico

Valência (Espanha), 12 mai (EFE).- Pesquisadores espanhóis estão trabalhando em um projeto da Agência Espacial Européia (ESA) sobre teletransporte quântico, que consiste no envio de um manual de instruções para reconstruir objetos idênticos em lugares distantes.

EFE |

O "transceptor", que estará pronto em junho de 2010, é o protótipo de um sistema que seria instalado no módulo Columbus da Estação Espacial Internacional (ISS) e enviaria fótons entrelaçados a duas estações terrestres.

As estações nas quais serão realizadas os testes, situadas a 1.400 quilômetros de distância uma da outra, estão localizadas nas regiões espanholas de Tenerife e Almería.

José Capmany, membro do Grupo de Comunicações Ópticas e Quânticas da Universidade Politécnica de Valência (UPV), explicou à Efe que o projeto consiste em uma série de experimentos que pretendem investigar o comportamento dos fenômenos quânticos no espaço.

Capmany assinalou que um dos fenômenos mais fascinantes a serem estudados no âmbito deste projeto é o teletransporte.

"Deslocar indivíduos de um planeta a outro em um instante continua sendo ficção científica; no entanto, os cientistas acham possível transmitir o estado quântico de partículas microscópicas de um ponto do espaço a outro afastado do primeiro", afirmou.

O transceptor quântico terá as características de uma missão espacial, com dimensões pequenas (uma caixa de não mais de 20 centímetros de largura), peso limitado (menos de 3 quilos) e baixo consumo (menos de 15 watts). EFE fal/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG