Pesquisa revela que cresce apoio popular à oposição japonesa

Tóquio, 20 jul (EFE).- Uma pesquisa do jornal japonês Mainichi Shimbun revelou que 56% dos participantes desejam que o próximo Governo do Japão seja liderado pela legenda de oposição Partido Democrático (PD), faltando um mês para as eleições.

EFE |

Segundo a pesquisa, publicada hoje, o apoio à oposição japonesa cresceu três pontos percentuais no último mês, e é especialmente significativo a pouco mais de um mês para as eleições gerais, que acontecerão no dia 30 de agosto no Japão.

A pesquisa, realizada entre sábado e domingo passado, mostrou que apenas 23% dos consultados quer que o governista Partido Liberal-Democrata (PLD) vença as eleições, uma queda de quatro pontos percentuais em relação a junho.

O apoio ao Gabinete do primeiro-ministro japonês, Taro Aso, caiu dois pontos, até 17%, enquanto 67% dos 1.045 entrevistados disseram que não respaldam a Administração atual, sete pontos a mais que o registrado em junho, segundo o "Mainichi Shimbun".

Já 28% dos consultados desejam ter como chefe de Governo o líder do principal partido da oposição no Japão, Yukio Hatoyama, enquanto Aso, dirigente do PLD, recebeu 11% de respaldo.

Após ter anunciado que as eleições gerais acontecem em 30 de agosto, espera-se que o Governo do Japão anuncie amanhã a dissolução da Câmara Baixa. EFE icr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG