Pesquisa revela que americanos trabalham mais e se divertem menos

Os americanos trabalham um pouco mais e se divertem muito menos, segundo aponta uma pesquisa divulgada nesta terça-feira pela Harris Interactive.

AFP |

Este ano, o tempo médio que os americanos passaram trabalhando (incluindo tarefas domésticas e estudos) foi de 46 horas semanais, enquanto o tempo médio se divertindo foi de apenas 16 horas por semana. O instituto de pesquisas entrevistou por telefone 1.010 adultos durante quatro dias do mês de outubro.

No entanto, o tempo de trabalho só aumentou uma hora em relação ao ano passado, enquanto o tempo de ócio diminuiu em quatro horas (20%) desde 2007, quando o tempo livre registrado foi de 20 horas semanais.

A Harris acredita que as outras três horas são "uma nebulosa zona cinza" que os americanos não consideram nem trabalho nem tempo livre.

"Enquanto piora a situação econômica, as pessoas que estão preocupadas com seu trabalho passam mais tempo "verificando as coisas" no computador, segundo a Harris.

"Os entrevistados não consideram que esse tempo é de trabalho, mas também não contam como ócio e por isso ele fica em uma nebulosa área cinza", explicou.

kdz/ap/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG