Pesquisa oficial confirma vitória de governistas na Indonésia

Jacarta, 10 abr (EFE).- O Partido Democrata (PD), do presidente indonésio Susilo Bambang Yudhoyono, é o vencedor das eleições legislativas realizadas nesta quinta-feira, de acordo com a pesquisa oficial divulgada hoje pela Comissão Eleitoral Central (KPU).

EFE |

Segundo a pesquisa, o PD, uma legenda laica e centrista que promete lutar contra a corrupção e o terrorismo islamita, recebeu 25,9% dos votos válidos, uma porcentagem superior à indicada nas enquetes privadas, que oscilaram entre 20,3% e 21%.

Na segunda colocação aparece o Partido Democrático da Indonésia para a Luta (PDI-P), da ex-presidente Megawati Sukarnoputri, com 23,8% dos votos, enquanto o Golkar, a antiga plataforma política de Suharto, terminou em terceiro, com 18,7%.

O Golkar, liderado pelo atual vice-presidente, Jusuf Kalla, é o grande derrotado deste pleito, ao passar da primeira posição no plenário para o terceiro.

Segundo a pesquisa oficial, também farão parte da Assembleia Nacional três partidos de perfil islâmico e dois de corte populista, com porcentagens entre 7% e 2,5%, o mínimo requerido por lei.

Apenas 8 dos 38 partidos nacionais que participaram das eleições devem conseguir chegar à Assembleia Nacional, deixando sem representação parlamentar 30 legendas que acumulam cerca de 20% dos votos.

Os resultados oficiais da apuração definitiva das cédulas, que começou hoje em um hotel de Jacarta, não se conhecerão num período mínimo de um mês.

As eleições legislativas desta quinta-feira transcorreram de forma tranqüila em todo o país, com a ressalva da conflituosa província de Papua, onde cinco pessoas morreram em vários incidentes violentos horas antes da abertura dos colégios eleitorais.

Cerca de 1,7 milhão de candidatos de 44 partidos participaram deste pleito e brigaram pelas 18.440 cadeiras em jogo nos diferentes Parlamentos regionais e nacional. EFE jpm/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG