Pesquisa mostra nova queda do apoio ao Trabalhismo britânico

Londres, 10 jun (EFE).- O apoio ao Partido Trabalhista do primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, voltou a cair, como mostra uma nova pesquisa sobre intenções de voto, e está abaixo do respaldo ao ex-líder conservador Iain Duncan Smith em 2003, afirma hoje o The Times.

EFE |

A pesquisa, feita pela empresa Populus a pedido do jornal britânico, mostrou que o Trabalhismo tem 25% de apoio, uma queda de quatro pontos frente a outra consulta do mês passado.

Os conservadores ganharam cinco pontos e atingiram 45% de apoio, enquanto o Partido Liberal-Democrata (terceiro do Reino Unido) obteve mais um ponto, com respaldo em 20%, acrescenta o "Times".

Para essa pesquisa, a Populus entrevistou 1.508 adultos em todo o país, entre 6 e 8 de junho.

Segundo o jornal, o apoio a Brown está abaixo do respaldo a Duncan Smith durante sua curta e pouco popular liderança à frente do Partido Conservador, entre 2001 e 2003.

Esta consulta foi publicada um dia antes de a Câmara dos Comuns (Câmara Baixa) votar o polêmico plano do Governo trabalhista que pretende estender, de 28 para 42 dias, a prisão sem acusações de suspeitos de terrorismo.

Este plano não tem o total apoio dos deputados trabalhistas e de alguns ministros, que temem que a liderança de Brown fique ainda mais enfraquecida caso o primeiro-ministro perca esta votação.

Cerca de 50 parlamentares trabalhistas se opõem à ampliação da detenção sem acusações e poderiam votar contra, assim como as principais formações da oposição.

Diante da preocupação no Governo com a votação, o ministro de Assuntos Exteriores britânico, David Miliband, recebeu instruções para voltar de uma visita ao Oriente Médio a fim de estar amanhã na Câmara dos Comuns. EFE vg/fh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG