Pesquisa indica que Morales seria ratificado com 49% de votos em referendo

La Paz, 21 jul (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, será ratificado com 49% de apoio no referendo revogatório de mandatos do próximo 10 de agosto, diz uma pesquisa publicada hoje pelo jornal La Prensa.

EFE |

O chefe de Estado alcança este apoio na primeira pesquisa que publica a imprensa boliviana para o plebiscito que incluirá o vice-presidente Álvaro García Linera e oito dos nove governantes regionais do país.

O estudo indica que Morales e o vice-presidente obteriam 49% de apoio, 4,7 pontos percentuais abaixo da votação com a qual foram escolhidos em 2005 (53,7%), mas suficientes para se manterem no cargo.

Por outro lado, a favor da revogação de Morales e García Linera se pronunciaram 38% dos entrevistados, segundo uma pesquisa realizada entre 11 e 15 de julho pelo instituto Captura Consulting com 1.600 pessoas dos nove departamentos da Bolívia.

Para que o mandato de ambos seja revocado é necessário que a votação contrária seja de pelo menos 54%, segundo uma polêmica lei de convocação à consulta que a oposição qualifica de vantajosa para o líder indígena. EFE rs/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG