Pesquisa diz que Obama tem 14 pontos de vantagem sobre McCain

Hempstead (EUA.), 14 out (EFE) - O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, tem uma vantagem de 14 pontos percentuais sobre o adversário republicano John McCain, segundo uma pesquisa divulgada hoje pela emissora CBS.

EFE |

Segundo a sondagem elaborada para esta cadeia e ao jornal "The New York Times", Obama tem 53% das intenções de voto, enquanto McCain recebe 39%.

Esta é a maior distância registrada até agora em uma pesquisa na luta entre McCain e Obama para chegar à Casa Branca e ocorre quando os dois candidatos estão a ponto de se enfrentar amanhã no último debate televisionado que será realizado na Universidade Hofstra, em Hempstead (Nova York).

Segundo o "Times", seis em cada dez consultados têm uma opinião ruim sobre a via seguida pela campanha republicana nos últimos dias, caracterizada por abundantes críticas pessoais contra Obama, por isso acreditam que McCain dedicou mais tempo a desqualificar seu rival do que a explicar seu programa eleitoral.

Além disso, de cada três que mudaram a opinião sobre Obama, duas a melhoraram.

Os que afirmaram que mudaram de impressão sobre McCain disseram que a variação foi para pior, por uma maioria de três a um.

As últimas pesquisas coincidem em declarar Obama o favorito para as eleições de 4 de novembro.

A média entre as principais pesquisas elaboradas pelo site "Realclearpolitics.com" dá uma vantagem de 8,1 pontos para o democrata.

A pesquisa diária do instituto Gallup concede hoje ao candidato democrata uma vantagem de nove pontos, 51% contra 42% de McCain entre os eleitores recenseados. Entre aqueles que afirmam que provavelmente votarão, a vantagem cresce aos dez pontos.

Menos vantagem concede a pesquisa diária Rasmussen, que diz que Obama está cinco pontos à frente do oponente, 50% contra 45%.

A tendência nas pesquisas gerais se confirma nas elaboradas nos estados. Uma pesquisa realizada pela Universidade Quinnipiac nos estados que podem se inclinar por um ou outro candidato afirma que Obama tem nove pontos a mais que McCain no Colorado.

Em Michigan, um estado que nas últimas pesquisas votou em democratas, mas onde McCain calculava que teria possibilidades, a distância aumenta a 16 pontos.

A campanha republicana anunciou há duas semanas que colocava fim a suas operações nesse estado. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG