Pesquisa afasta risco de abstenção em massa em eleições europeias de junho

A intensificação da campanha para as eleições de junho no Parlamento Europeu surtiu efeito, com 43% dos eleitores dizendo-se dispostos a votar, segundo a mais recente pesquisa, que parece afastar de vez o risco de uma abstenção em massa.

AFP |

A sondagem do instituto TNS Opinion, realizada entre os dias 4 e 15 de maio e publicada nesta terça-feira, mostra que 43% dos eleitores da União Europeia (UE) estão seguros de votar, e outros 6% o farão "muito provavelmente".

Somente 12% disseram que não votarão nas eleições, que serão realizadas entre os dias 4 e 7 de junho nos 27 países da UE.

Em uma pesquisa divulgada em fevereiro, somente 34% dos eleitores afirmaram que iriam votar, contra 19% que disseram que não o fariam. O estudo tinha despertado o fantasma de uma abstenção em massa, como a registrada em 2004, nas últimas eleições europeias (45%).

De acordo com a pesquisa desta terça-feira, os irlandeses (66%), os belgas (64%) e os malteses (60%) são os mais propensos a irem votar. Já os britânicos (16%), os letões (15%), os búlgaros e os poloneses (14%) são os menos inclinados a fazê-lo.

cat/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG