Pescadores japoneses fazem campanha para proteger os atuns

Pescadores da principal cooperativa pesqueira do Japão iniciaram uma campanha para reduzir a pesca de atum em até 5%. Nos últimos anos, o estoque de atum caiu de maneira significativa ao redor do mundo.

BBC Brasil |

A campanha envolve a interrupção temporária das operações. Segundo a cooperativa, durante os próximos dois anos, 230 barcos de pesca irão parar as atividades por um período de dois meses.

Apesar de a iniciativa não ser suficiente para recuperar os estoques de atum a nível global, os pescadores afirmam que estão em negociação com outras frotas pesqueiras na China, Coréia do Sul e Taiwan para aumentar o impacto das ações.

O Japão tem uma das principais frotas pesqueiras de atum do mundo e é um dos principais consumidores de peixe do mundo.

O correspondente da BBC em Tóquio, Chris Hogg, afirma que, de acordo com alguns ambientalistas, são necessárias ainda mais restrições à pesca para reduzir os riscos aos atuns.

Além disso, eles argumentam que os consumidores devem ser informados sobre o problema da sustentabilidade da pesca, ou espécie corre o risco de não sobreviver.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG