Peru vai averiguar voos internacionais para combater gripe suína

Lima, 27 abr (EFE).- O Governo peruano vai ampliar o controle para prevenir a entrada de pessoas com sintomas de gripe suína que estejam em voos procedentes de Europa e América Latina, anunciou hoje o governante da região de Callao, Alex Kouri.

EFE |

Em coletiva de imprensa realizada no aeroporto internacional Jorge Chávez para explicar as ações contra a propagação da epidemia, Kouri lembrou que desde sexta-feira passada estão sendo examinados os voos e embarcações provenientes de México e Estados Unidos.

"Vamos começar a intervir mais em voos de outros lugares, não só da América do Norte. Nos próximos dias e horas estaremos controlando voos da Europa, assim como da América Latina, para evitar situações de risco", assegurou.

O ministro da Saúde, Oscar Ugarte, assinalou que o trabalho realizado até hoje no aeroporto permitiu avaliar 2044 passageiros procedentes de México e EUA, dos quais apenas um apresentou aparentes sintomas da gripe suína.

Segundo Ugarte, trata-se de uma peruana que chegou de Cancún, no México, e que se encontra "sob controle e vigiada" em seu próprio domicílio, à espera de que amanhã se conheçam os resultados dos exames.

O ministro antecipou, no entanto, que "há muitas possibilidades de que não seja um caso de gripe suína", já que os sintomas presentes na mulher são muito leves. EFE fcg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG