LIMA (Reuters) - O Peru registrou seu terceiro caso de gripe H1N1 no país em menos de uma semana em uma mulher que chegou da República Dominicana e cujo estado de saúde é favorável, disse nesta segunda-feira o Ministério da Saúde. O ministério disse que o novo caso se soma ao de uma mulher proveniente de Nova York e ao de um homem que também chegou dos Estados Unidos e que vive na cidade de Arequipa, a cerca de 1.000 quilômetros ao sul de Lima. Em ambos os casos, os pacientes têm bom estado de saúde.

"Foi confirmado em nosso país o terceiro caso importado da nova gripe H1N1 em uma cidadã que chegou da República Dominicana (...) Este caso, como os dois anteriores, está sendo tratado de acordo com os padrões estabelecidos", informou o ministério em um comunicado.

Além do Peru, casos da nova gripe na América Latina já foram confirmados no Chile, Colômbia, Brasil, El Salvador, Costa Rica, Argentina, Equador, Cuba, Guatemala, Panamá e México.

O vírus se expandiu para 40 países e colocou o mundo à beira de uma epidemia, segundo a Organização Mundial da Saúde, agência da Organização das Nações Unidas cujos laboratórios confirmaram quase 9.000 infectados.

(Por Teresa Céspedes)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.