Peru mobilizará 95.400 policiais para segurança na cúpula América Latina-UE

Lima, 10 mai (EFE).- O Peru mobilizará 95.

EFE |

400 membros das forças de segurança do Estado em todo o país para garantir a tranqüilidade e a ordem durante a 5ª Cúpula América Latina, Caribe e União Européia (ALC-UE), que começa em Lima em 13 de maio, informou hoje o ministro do Interior peruano, Luis Alva Castro.

O ministro disse que todas as unidades especializadas da Polícia Nacional do Peru (PNP) serão posicionadas nos locais necessários para garantir a segurança, enquanto a direção de migrações garantirá a fluência e rapidez para facilitar a entrada dos convidados à cúpula, destacou a agência oficial "Andina".

Alva Castro disse que a PNP também dispôs a organização das medidas de segurança para levar os líderes e altas autoridades que estarão em Lima do aeroporto e das sedes do encontro até os hotéis onde se hospedarão.

"Nesses lugares, também existe a segurança total, não somente nos próprios hotéis, mas também nas zonas de influência", disse o ministro.

O ministro do Interior também antecipou que essa segurança estará presente dentro e fora do Museu da Nação, sede principal onde ocorrerão as atividades da cúpula ALC-UE.

Alva Castro destacou que o trabalho da PNP durante a cúpula se baseará na utilização de tecnologia de última geração, que manterá os agentes conectados em tempo real.

A cúpula ALC-UE receberá em Lima mais de 40 chefes de Estado e de Governo, que falarão sobre a luta contra a pobreza e os problemas derivados da mudança climática. EFE amr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG