Peru fará campanha internacional para recuperar o turismo

LIMA (Reuters) - O governo do Peru informou nesta segunda-feira que realizará uma campanha mundial para promover a volta de turistas à cidade de Machu Picchu, que sofre uma baixa de visitas depois que fortes chuvas cortaram a única via de acesso, deixando milhares de turistas isolados na semana passada. O ministro de Comércio Exterior e Turismo, Martín Pérez, afirmou que a campanha internacional e local será realizada junto às empresas operadoras de turismo e outras ligadas ao setor, para evitar cancelamentos e cumprir a meta de receber 2,2 milhões de visitantes estrangeiros neste ano.

Reuters |

Na semana passada, mais de 4.000 pessoas foram resgatadas da localidade de Aguas Calientes, perto de Machu Picchu, a 2.450 metros de altitude e 1.100 quilômetros a sudeste de Lima, em uma operação sem precedentes no país.

Machu Picchu, declarada como Patrimônio da Humanidade e como uma das sete novas maravilhas do mundo, é o ícone do turismo no Peru e um grande ímã para o negócio do setor.

"Iniciaremos uma campanha intensa tanto no interior do país como no exterior para promover o retorno de turistas a Cuzco e à cidade inca de Machu Picchu, afetada durante a última semana por um forte temporal", disse Pérez à agência estatal de notícias Andina.

(Reportagem de Marco Aquino)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG