Lima, 15 jan (EFE).- Os Governos de Peru e Brasil assinaram hoje dois convênios para lutar contra a pobreza e promover o desenvolvimento em ambos os países, durante a reunião do ministro brasileiro de Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, com representantes do Executivo peruano em Lima.

Patrus disse que está começando "uma nova fase" na cooperação sobre desenvolvimento social entre os Governos peruano e brasileiro, que se traduzirá em ações concretas para combater a pobreza.

O ministro brasileiro, quem está em visita ao Peru até amanhã para trocar experiências nesta matéria e transmitir sua estratégia na gestão dos programas Fome Zero e Bolsa Família, se reuniu com o chefe do Gabinete peruano, Yehude Simon, alguns ministros de Estado e diretores dos programas sociais.

Ele disse que a crise financeira internacional representa um desafio maior no trabalho de atender aos mais pobres.

Simon disse à agência estatal "Andina", que a visita de Patrus Ananias permitirá "aprender novas ferramentas para erradicar a pobreza, já que no Peru se discute muito sobre a efetividade dos programas sociais e a necessária alocação de recursos para ajudar aos mais necessitados".

Peru tem um programa de ajuda econômica para a população em pobreza extrema que consiste em entregar US$ 30 dólares mensais para sua alimentação e saúde, sobretudo nas comunidades montanhosas (mais de 2,2 milhões de beneficiados), além de projetos de habitação e alimentação para outras regiões.

A visita de Patrus fora combinada entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu colega peruano Alan García. EFE tr/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.