promover violência - Mundo - iG" /

Peru cancela licença de rádio acusada de promover violência

Lima, 12 jun (EFE).- O Governo do Peru cancelou nesta sexta-feira a licença de funcionamento da rádio La Voz, da província de Utcubamba, acusada por políticos governistas de ter promovido a violência na Amazônia peruana.

EFE |

A emissora "Radioprogramas del Perú" (RPP) informou que a medida foi adotada pelo Ministério de Transportes e Comunicações em cumprimento de uma resolução emitida no dia 8 de junho.

Essa resolução aconteceu dias depois dos violentos enfrentamentos entre indígenas e policiais que causaram a morte de pelo menos 24 agentes e 9 civis, disse a "RPP".

O jornalista Carlos Flores, representante da emissora, declarou que o cancelamento da licença aconteceu na manhã de hoje (local).

Segundo Flores, a emissora recebeu hoje uma carta que ordenava o fechamento com o argumento de "não ter enviado documentação a tempo sobre a homologação dos equipamentos da rádio".

O jornalista disse que o Governo quer "calar" a rádio que informou os detalhes dos incidentes na localidade de Bagua, onde aconteceram os violentos enfrentamentos.

Representantes do governante Partido Aprista Peruano (PAP), entre eles a ministra do Interior, Mercedes Cabanillas, acusaram a rádio "La Voz" e Flores de apoiar e motivar a violência em Bagua. EFE dub/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG