Peru anuncia prisão de um dos líderes do Sendero Luminoso

Uma brigada do Exército peruano capturou no sábado um suposto líder do grupo maoísta Sendero Luminoso na selva central do Peru, acusado de participar em ataques contra policiais ano passado.

AFP |

Um comunicado das Forças Armadas informa a prisão de Alejo Maylle Tolentino, conhecido como 'camarada Rocky", de 28 anos, na cidade de Aucayacu, província de Leoncio Prado, região de Huánuco, depois de um ação de inteligência de várias semanas.

"Maylle Tolentino é integrante da organização terrorista Sendero Luminoso, atuando sob as ordens do camarada 'Artemio' e atuava como o segundo da coluna do camarada 'Rubén'", afirma o comunicado.

Artemio é um dos últimos líderes dos remanescentes do Sendero que atuam no Alto Huallaga (selva central) em aliança com narcotraficantes.

rc/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG