Perspectivas de adesão da Geórgia à Otan não são questionadas pelo conflito

O conflito no Cáucaso não questiona as perspectivas de adesão da Geórgia à Otan, declarou o ministro alemão da Defesa, Franz Josef Jung, em entrevista concedida ao jornal Sachsische Zeitung.

AFP |

"As perspectivas de adesão da Geórgia apresentadas durante a cúpula da Otan em Bucareste (em abril) não devem ser questionadas por causa da escalada do conflito" entre a Geórgia e a Rússia, frisou Jung, membro do partido conservador da chanceler Angela Merkel.

"Estas questões serão debatidas durante a reunião dos ministros das Relações Exteriores da Otan em dezembro", acrescentou.

O secretário-geral da Otan, Jaap de Hoop Scheffer, também afirmou nesta terça-feira que a Geórgia integrará algum dia a Aliança Atlântica, apesar das preocupações que tal adesão suscita na Rússia.

"Precisamos dizer claramente à Rússia que a soberania internacionalmente reconhecida da Geórgia deve ser respeitada. No entanto, a Geórgia também deve se esforçar em prol de uma solução de paz e de estabilidade duradoura", considerou Jung.

fc/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG