Personalidades apóiam indicação de Betancourt a Prêmio Príncipe de Astúrias

Oviedo (Espanha), 8 abr (EFE).- O ex-presidente tcheco Vaclav Havel, o ex-presidente da Comissão Européia (CE) Jacques Delors e a ex-ministra francesa Simone Veil são algumas das personalidades que declararam apoio à candidatura de Ingrid Betancourt para o Prêmio Príncipe de Astúrias da Concórdia.

EFE |

Junto à Betancourt, seqüestrada pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em fevereiro de 2002, também concorrem ao Prêmio da Concórdia as ex-reféns da guerrilha colombiana recém-libertadas Clara Rojas e Consuelo González de Perdomo.

Fontes da Fundação Príncipe de Astúrias informaram hoje que as instituições e personalidades que promovem estas candidaturas estão pedindo a todos que votem nelas por considerar essas três mulheres um "símbolo da luta pelos direitos humanos, e os rostos mais visíveis dos mais de 3 mil seqüestrados que continuam em poder das Farc".

Entre as mensagens de adesão à proposta, estão as do embaixador da França na Espanha, Bruno Delaye, e as de outros agraciados com o Prêmio Príncipe de Astúrias, como o bispo emérito de Palencia, Nicolás Castellanos; o ex-presidente português Mário Soares, e o ex-secretário-geral da ONU Javier Pérez de Cuéllar.

"Todos eles concordam em destacar o incentivo que significaria a concessão deste prêmio a todas as pessoas que sofreram e são mantidas em cativeiro contra sua vontade em qualquer parte do mundo", destacou a Fundação Príncipe de Astúrias.

Nos últimos anos, o Prêmio Príncipe de Astúrias foi concedido a instituições e personalidades como Stephen Hawking, o Rei Hussein I da Jordânia, Muhammad Yunus, a Rede Mundial de Reservas da Biosfera e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). EFE lm/wr/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG