Peres faz 1ª visita de presidente israelense ao Egito em 8 anos

Jerusalém, 22 out (EFE).- Shimon Peres faz amanhã, a primeira visita oficial ao Egito de um presidente de Israel em oito anos com o objetivo de impulsionar a normalização com o mundo árabe em paralelo às negociações com os palestinos.

EFE |

A visita terá como cenário o balneário de Sharm O-Shej, no Sinai, às margens do Mar Vermelho, onde Peres encontrará o presidente egípcio, Hosni Mubarak, antes de retornar pela tarde a Jerusalém.

Os líderes também devem abordar o impacto na região da crise econômica global e a libertação do soldado israelense Gilad Shalit -preso desde 2006 na Faixa de Gaza pelo grupo islâmico xiita Hamas.

O Egito é mediador entre Hamas e Israel nas negociações que estabeleceram cessar-fogo na Faixa de Gaza em junho e para a libertação desse soldado em eventual troca de presos.

Anunciada em 2002 pela Arábia Saudita e respaldada pela Liga Árabe em sua cúpula de 2007 em Riad, a iniciativa de paz com Israel, por sua vez, consiste no reconhecimento do Estado israelense caso se resolvam os conflitos territoriais com os países vizinhos e com os palestinos.

No caso palestino, a iniciativa árabe exige a devolução por Israel da Cisjordânia, Gaza (sem assentamentos judaicos desde 2005 mas para a ONU ainda sob ocupação) e de Jerusalém Oriental -terras todas elas ocupadas na Guerra dos Seis Dias, de 1967- para criar um Estado independente e solucionar o problema dos refugiados.

A respeito da Síria, os árabes reivindica a restituição das colinas de Golã, também ocupadas por Israel na Guerra de 1967.

"Israel anunciou então que via com bons olhos a proposta (árabe), e se dispunha a negociar sobre ela, mas não tivemos resposta", disse à agência Efe uma fonte diplomática israelense, que não especificou se Peres levava algum tipo de proposta.

O presidente do Estado de Israel só tem funções representativas, por isso, a menos que tenha recebido algum mandato do primeiro-ministro Ehud Olmert, qualquer iniciativa sua seria unicamente a título privado. EFE elb-amg/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG