Jerusalém, 26 mar (EFE).- O presidente do Estado de Israel, Shimon Peres, falou com o chefe de Estado egípcio, Hosni Mubarak, para comemorar os 30 anos da assinatura do acordo de paz entre os dois países, informa hoje a imprensa local.

"Estes últimos 30 anos não foram perfeitos, mas não há dúvida de que foram melhores do que continuar um conflito armado entre nossos dois países", disse Peres a Mubarak, em conversa por telefone.

O dirigente egípcio expressou seu firme compromisso em manter a paz com Israel e esclareceu que Cairo faz tudo o possível para fazer avançar o caso do soldado israelense Gilad Shalit, capturado por milícias palestinas.

O Egito atua como mediador nas conversas indiretas entre Israel e o movimento islâmico palestino Hamas, que governa na Faixa de Gaza, para conseguir essa troca.

Os contatos, que as partes deram por concluídos na semana passada, foram retomados, disse o membro do Hamas Ali Barakeh à imprensa local.

Israel lembrou ontem, em cerimônia oficial na sede da Presidência, em Jerusalém, o 30º aniversário da assinatura do tratado de paz com o Egito, o primeiro país árabe que reconheceu o Estado judeu.

O ato teve a participação dos embaixadores do Egito e dos EUA, entre outras personalidades. EFE db/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.