Peres defende Netanyahu e afirma que premiê deseja paz no O.Médio

Washington, 4 mai (EFE).- O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, deseja a paz no Oriente Médio, afirmou hoje o presidente israelense, Shimon Peres, em discurso ao grupo de pressão de defesa do Estado Judeu Aipac em Washington.

EFE |

Na reunião anual da Comissão de Assuntos Públicos Americano-Israelense (Aipac, em inglês), em Washington, Peres disse que, "em nossa tradição, fazer a história é fazer a paz e tenho certeza de que a paz é sua prioridade".

O presidente israelense deve se reunir nesta terça-feira na Casa Branca com o presidente americano, Barack Obama, a quem transmitirá, segundo assegurou, "a mensagem de um país que sonha com a paz".

No discurso, Peres não falou sobre a criação de um Estado palestino.

Durante boa parte de sua vida política, Peres defendeu a necessidade de dois Estados, um israelense e um palestino, como solução ao conflito no Oriente Médio.

Netanyahu, que venceu as eleições para primeiro-ministro israelense em fevereiro e que visitará a Casa Branca este mês, até agora evitou expressar em público apoio à criação de um Estado palestino.

O presidente israelense assegurou hoje também no discurso que o país não cederá perante as ameaças nucleares iranianas.

"Historicamente, o Irã quis enriquecer a humanidade. Hoje dia, infelizmente, os líderes iranianos querem enriquecer urânio. Para que?", questionou Peres.

As declarações do presidente israelense acontecem quando o Governo americano busca uma aproximação com o Irã, cujo presidente, Mahmoud Ahmadinejad, defende a destruição de Israel. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG