Pequim, 5 jan (EFE).- O Governo chinês entende a decisão da secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, de cancelar sua viagem à China para os dias 7 e 8 de janeiro, a última prevista antes de deixar seu cargo, assegurou o porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores chinês, Qin Gang.

Qin explicou que o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, informou por telefone a seu colega chinês, Hu Jintao, do cancelamento da viagem, devido à escalada de violência em Gaza após a invasão terrestre de Israel, publicou a agência oficial "Xinhua".

Rice planejava participar em Pequim das celebrações do 30º aniversário das relações bilaterais entre Estados Unidos e China, mas será substituída pelo subsecretário de Estado, John Negroponte.

EFE trr/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.