Pequim é reprovada em teste de poluição a um mês dos Jogos

Uma investigação feita pela BBC apontou que a apenas um mês do início das Olimpíadas em Pequim, a cidade ainda não conseguiu cumprir com os padrões internacionais para qualidade do ar. Em 2001, quando concorreu à indicação para sediar os jogos em 2008, a China havia prometido se encaixar nas metas estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

BBC Brasil |

Para testar a qualidade do ar em Pequim, a BBC usou um detector para identificar a presença de partículas poluidoras suspensas no ar, conhecidas como PM10.

A investigação verificou que o ar na cidade ficou fora dos padrões da OMS para PM10 em seis dos sete dias pesquisados.

As partículas PM10 são produzidas por carros, construções e emissões de gases por fábricas.

Em um dos dias em que a leitura foi feita, observou-se que a poluição estava sete vezes maior do que o limite estabelecido pela OMS.

Para efeitos de comparação, uma pesquisa feita em Londres recentemente mostrou que a cidade-sede das Olimpíadas de 2012 está dentro das metas da organização para qualidade do ar.

O governo chinês insiste que ainda há tempo para diminuir a poluição. Até o fim do mês, as autoridades imporão uma série de restrições de emergência, como retirar carros das ruas e fechar campos de construção.

Uma autoridade chinesa disse à BBC estar confiante que Pequim ainda cumprirá a promessa de limpar o ar. Mas não há mais muito tempo sobrando para isso.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG